Estupidamente.

Estupidamente.

S.Bernardelli

 

Saiba que eu estou te esperando até que você tenha  um momento apenas para gastar sua noite comigo.

 Quero dançar, conversar um pouco e quem sabe, ter a possibilidade de ficar a noite toda ao seu lado...

E depois mais tarde, nós deixarmos nos envolver pela noite afora em algum lugar quieto...

Quero arriscar em perguntar:

Será que sou estúpida em ainda amar-te?

Olharei em seus olhos e desnudarei as verdades que não ouvi nas noites que estive em seu lado...

E antes da noite chegar, eu estarei ansiosamente a sua espera ...

Estar sozinha com você...

Para dizer estupidamente que ainda...

"Eu amo-te" "Eu amo-te" "Eu amo-te...".

16/05/2007

www.sbernardelli.net

 

:: Postado por Sandra Bernardelli às 19h29
::
:: Enviar esta mensagem

Vem...

Vem...

Myriam Peres

 

Vem mesmo sem explicar não precisa mesmo me olhar, mas vem que a vontade não esmoreça que o orgulho não prevaleça. Vem. Assim de qualquer maneira sem saber o que dizer, não digas nada vem calado, mas vem que tua sombra me acalente que tua presença fale de frente vem assim tão de repente de forma surpreendente  deixa eu sentir que estás presente. Vem mesmo se for de madrugada... Deixo a porta meio encostada fico fingindo que adormeci deita ao meu lado vem deitar mesmo calado. Mas vem não tardes mais estarei fingindo de olhos fechados. Fica ao meu lado mesmo parado, mas vem de qualquer maneira. Que acalme o teu  respirar , que deixe o sonho rolar se quiseres te aproximar. Vem de mansinho, vem me tocar com carinho se quiseres me tocar devagarzinho. Não direi nada te prometo, mas vem depressa que não mais agüento. Essa sombra de tua ausência quer que seja a realidade do teu amor, vem... Vem me buscar, vem me encontrar. Mas vem...

:: Postado por Sandra Bernardelli às 19h23
::
:: Enviar esta mensagem

O Limite De Nossa Resistência.


 

O Limite De Nossa Resistência.

Marcial Salaverry

 
Quantas vezes nos vemos na contingência de testar nossos limites, seja de tolerância, seja de resistência.  Não apenas da resistência física que se fala, pois testar estes limites, basta fazer exercícios físicos, até nos cansarmos. E ela, com treinamento adequado poderá ter seus limites ampliados até onde o organismo tolerar. Contudo, a resistência de nossa alma, de nossos sentimentos, é algo meio utópico para se definir.  Dificilmente poderemos aquilatar seus limites, pois sempre estamos sendo chamados a novos testes, a cada acontecimento importante em nossa vida. Muitas vezes as feridas de nossa alma começam a latejar, e a coragem parece estar se esvaindo. Que fazer? Entregar-se à dor e ficar esperando as coisas acontecerem? É um desses momentos em que somos chamados a mostrar nosso valor, reagindo aos contratempos, e pelo menos tentar continuar vivendo. De alguma maneira, em algum lugar, precisamos buscar as forças necessárias para reagir, ampliando nossa capacidade de resistência. Se conseguirmos resistir sem baixar a guarda mais um pouco, poderemos retomar o fôlego, e continuar a caminhada, mesmo que a derrota pareça estar nos chamando, e estejamos perto da desilusão total. Sempre haverá quem nos estimule a parar e entregar os pontos.  São os derrotistas, invejosos e maus amigos, aqueles incapazes de uma palavra de estímulo, aqueles que preferem subir à custa da desgraça alheia, do que por capacidade própria.  A esses, é que nos cabe mostrar de que material somos feitos. Deveremos procurar ouvir aqueles que tentam nos incentivar, injetando aquela coragem necessária, aquele gás que nossa resistência está pedindo. Muitas vezes, precisamos reagir contra nosso inimigo interior, que é aquele pessimismo que tenta nos abater, aumentando a distância aonde estão nossos objetivos. Precisamos sempre acreditar que a linha de chegada está próxima, ou seja, que nosso objetivo está a nosso alcance, mesmo que ainda falte muito para lá chegarmos. Sentimos o fôlego no fim, as asas quebradas, as pernas fraquejando, mas algo em nosso interior nos manda resistir, e é nessa força que precisamos buscar o que nos falta para conseguir a vitória. Podemos representar metaforicamente como a passagem da noite para o dia, quando o negrume de nosso desanimo nos empurra para a desistência, para a escuridão, e vamos buscar na luz difusa da madrugada raiando, as forças de que precisamos para que o sol da felicidade pelo sonho realizado, pelo objetivo alcançado comece a brilhar novamente em nossa vida. São essas provas a que somos submetidos, para testar nossos limites. Se entregarmos os pontos, se não tivermos ânimo para enfrentar as adversidades, é porque realmente não reunimos méritos para receber o sol da manhã, e deveremos mesmo permanecer na escuridão. Vamos sempre ampliar nossos horizontes, extrapolar nossos limites, sempre sabendo “puxar” de nosso interior aquela dose extra de força de vontade, que é o apanágio dos vencedores, daqueles que conseguem traçar seus objetivos, e chegar ao ponto final. Se dificuldades surgirem, podemos atrasar um pouco.  Podemos recuar algumas vezes, fazendo um recuo estratégico,   para ganhar novo impulso e não esmorecer jamais. O melhor dos objetivos é ter sempre UM LINDO DIA.

 

:: Postado por Sandra Bernardelli às 19h14
::
:: Enviar esta mensagem

Hoje Sou O Que Sou...

Hoje Sou O Que Sou...

Nany Schneider

 

Que seria da primeira na terceira geração? Esperada, ansiada, quase perdida... Afinal acolhida. Tomando o lugar da Rainha, chegava da rosa o botão. Sorriso em rostos cheios de esperança, nova vida... Que seria da linda menina travessa, esperta, mimosa? Vestes de rendas voltavam sujas de terra... Mas nos cabelos flores... Desculpas carinhosas... Ao desespero da Rainha-Mãe, caba a espera... Que seria da jovem coroada, eternamente cercada,

Centro de atenções, mimos, convites, cheia de alegria! Onde o mundo parecia rodar para agradá-la,  protegida, amada... Onde o dia era cheio de riso e a noite ressurgia em magia... Que seria da mulher entrando de branco, sonhadora... Seria feliz a tão acarinhada menina? Seria reconhecida pelo amor depositado de maneira encantadora? Ou pelo jogo das estrelas, algo mudaria sua sina... As estrelas piscam seu jogo a repetir: "O que será, será...". Não se espera, não se muda, algo somente acontece. Por mais que a vida lhe sorria, não se sabe o que acontecerá... Apenas creia e espere, a felicidade retorna a quem a merece...

21/05/2007  23:41

Curitiba - Paraná

:: Postado por Sandra Bernardelli às 19h04
::
:: Enviar esta mensagem

Quisera eu poder...

Quisera eu poder...

Arneyde T. Marcheschi
          
Quisera eu poder estar agora aninhada em seus braços
 sentindo o pulsar de seu coração   batendo forte de desejos e lhe falar do meu amor.

Quisera eu poder sentir sua respiração ofegante seu desejo louco por mim,  o meu por você fogo ardente

Quisera eu poder dividir a cama vazia com você e fazermos aquele amor gostoso que deliciosamente  fazíamos.

Sentir seus braços a me percorrer a carne queimando sentir seus lábios aveludados a me levar ao delírio.

Quisera eu poder gritar com  seu domínio, sobre mim e quedar-me extasiada, feliz ao menos só por uma vez mais.

Quisera eu poder passear minhas mãos quentes na solidão da nossa cama desfeita de suor e beijos que uniram a cumplicidade da nossa vida de amantes e ouvir sua voz trazida pelo vento, a sussurrar: Te amo!
Vitória. E.Santo 31/05/2007

www.vidatransparente.com.br

:: Postado por Sandra Bernardelli às 18h59
::
:: Enviar esta mensagem

Cuando Te Sientas Triste

Cuando Te Sientas Triste
Marcial Salaverry

Cuando te sientas triste, no olvides de mi hombro, para consolarte...
Cuando te sientas sola, abandonada, no te juzgues desgraciada,
porque estaré te esperando, siempre te amando...

Cuando no tengas nadie ni nada para una palabra de cariño,
no te olvides de mis brazos, y sus tiernos abrazos...
Cuando tenga ganas de llorar, porque nadie te quiere amar, acordate que siempre me tendrás...
El amor y la amistad, son de verdad lo mejor que tenemos en nuestra vida...
Y si asi nos queremos...
Siempre nos tendremos...

www.prosaepoesia.com.br

:: Postado por Sandra Bernardelli às 18h31
::
:: Enviar esta mensagem

Meu Perfil




BRASIL , Sudeste , CARAGUATATUBA , CENTRO , Mulher , de 46 a 55 anos , Portuguese , Arte e cultura , Livros , animais/cinema ,teatro
MSN -

Meu Humor

Oceâno

Links

:: Potara Mensagens
:: IN MY LIFE
:: D@nizinha
:: target=_blank
::
:: Eu escrivinhando
:: Magia das palavras
:: Penelope Charmosa
:: Arcor de Angela poesia
:: Lara em palavras
:: Confissões no travesseiro
::
:: Eliane Potiguara
:: Letras de Músicas - O seu portal Musical
::

Votação

Dê uma nota para meu blog

..:: INDIQUE ESSE BLOG ::..

12/08/2007 a 18/08/2007

05/08/2007 a 11/08/2007

29/07/2007 a 04/08/2007

22/07/2007 a 28/07/2007

01/07/2007 a 07/07/2007

17/06/2007 a 23/06/2007

03/06/2007 a 09/06/2007

27/05/2007 a 02/06/2007

13/05/2007 a 19/05/2007

29/04/2007 a 05/05/2007

22/04/2007 a 28/04/2007

08/04/2007 a 14/04/2007

11/03/2007 a 17/03/2007

04/03/2007 a 10/03/2007

18/02/2007 a 24/02/2007

28/01/2007 a 03/02/2007

31/12/2006 a 06/01/2007

24/12/2006 a 30/12/2006

10/12/2006 a 16/12/2006

26/11/2006 a 02/12/2006

24/09/2006 a 30/09/2006

17/09/2006 a 23/09/2006

03/09/2006 a 09/09/2006

27/08/2006 a 02/09/2006

13/08/2006 a 19/08/2006

30/07/2006 a 05/08/2006

09/07/2006 a 15/07/2006

02/07/2006 a 08/07/2006

25/06/2006 a 01/07/2006

11/06/2006 a 17/06/2006

28/05/2006 a 03/06/2006

21/05/2006 a 27/05/2006

14/05/2006 a 20/05/2006

07/05/2006 a 13/05/2006

16/04/2006 a 22/04/2006

09/04/2006 a 15/04/2006

02/04/2006 a 08/04/2006

26/03/2006 a 01/04/2006

19/03/2006 a 25/03/2006

12/03/2006 a 18/03/2006

05/03/2006 a 11/03/2006

19/02/2006 a 25/02/2006

29/01/2006 a 04/02/2006

22/01/2006 a 28/01/2006

08/01/2006 a 14/01/2006

25/12/2005 a 31/12/2005

11/12/2005 a 17/12/2005

04/12/2005 a 10/12/2005

27/11/2005 a 03/12/2005

20/11/2005 a 26/11/2005

13/11/2005 a 19/11/2005

06/11/2005 a 12/11/2005

30/10/2005 a 05/11/2005

23/10/2005 a 29/10/2005

16/10/2005 a 22/10/2005

Visitas

Créditos

Layout por

..:: Carmem Design ::..
Todos os direitos reservados ©

..::     Carmem Design  ::..