As minhas palavras

As minhas palavras

S.Bernardelli

O silêncio é o meu alívio nas grandes emoções...

É o meu desafogo de amores que deixaram de ser.

As minhas palavras estão traduzidas dentro do meu olhar e na alma...

Tenho como palavras somente o hábito de amar

06/11/2006

:: Postado por Sandra Bernardelli às 18h35
::
:: Enviar esta mensagem

Na canção, meu coração...

Na canção, meu coração...

Guida Linhares

 

Sinto a brisa afagar meu corpo, refrescando as mágoas da vida, cicatrizando qualquer ferida.

No véu diáfano que me cobre, ocultando a alma quase nua, meu coração silente flutua.

Recolho o botão de rosa branca e aspiro o seu inigualável aroma; me sinto protegida numa redoma.

Ouço a suave canção do momento e nela me deixo envolver plenamente, me abstraindo do entorno somente.

Meu ser dança a música das esferas, pois além da terra está o céu, e nele meus pensamentos voam ao léu.

Sinto que meu coração se encontra, neste novo tempo de mulher madura, dentro da canção, pleno de ternura!

Santos, SP.

23/09/06

http://www.recantodasletras.com.br/autores/guida

:: Postado por Sandra Bernardelli às 18h22
::
:: Enviar esta mensagem

Doce Queda

:: Postado por Sandra Bernardelli às 18h13
::
:: Enviar esta mensagem

Ninguém

Ninguém

Deleniralmeida

 

Ninguém poderá se importar com minha dor! Ninguém será capaz de consolar meu desamor! Ninguém virá ao meu encontro em busca de amor! Ninguém entenderá meu pranto derramado sem pudor! Ninguém poderá violar meu sentimento tão secreto! Ninguém consolará minhas noites frias e vazias! Ninguém chorará meu pranto, nem mesmo entenderá meu canto! Ninguém! Ninguém enxugará a lágrima que cai solitária em minha face! Gota por gota, molharão meu rosto desnudo! Ninguém me dirá uma palavra sequer, para aplacar meu pranto! Ninguém partilha dores! Apenas alegrias! Ao meu amor direi meus versos mansos, mas sequer lhe tocarão os sentimentos tão frios e vazios! O amor que Tive e cultivei com tanta garra e valentia, quebrou-se em mil pedaços! Eu, insensata, tentei recompor caco por caco, já tão despedaçado pelo chão! Na ilusão de Conseguir colar cada pedaço, deixei de perceber que o amor Já tão destruído e combalido se encontrava! Pobre empreiteira! Ninguém percebia que a luz já apagara há muito, o brilho dos cristais! Ninguém notava! O novo se fez velho, o dia se fez noite, mas ninguém podia entender! A saudade fez morada no anonimato desta dor, mas ninguém queria comentar! Ninguém conseguia consolar um coração amarrotado e muito castigado, porque amou errado! Na hora errada! Ninguém viu que a luz se foi, a alma se desfez, as ilusões deixaram marcas, os cristais partiram em mil pedaços, mas ninguém conseguia perceber! Ninguém! É difícil perceber a dor!  Ninguém é solidário com o desamor!

Ninguém!

:: Postado por Sandra Bernardelli às 18h07
::
:: Enviar esta mensagem

A Paz do Poeta

A Paz do Poeta

Guida Linhares

 

Vibra uníssono na harmonia, extraída da tua lira harpejada.

Estejas em sublime sintonia, com o universo na alvorada!

Na clave de sol do coração, extrai a força dos momentos de alegria em total expansão.

Da tristeza, o fim dos lamentos.

Oh paz, que nos conduzas tu; com a força da fraternidade,

a ouvir o canto do uirapuru, em cada recanto da cidade.

Oh poeta, em tuas horas vadias; a inspiração te leva a versejar.

Na paz do coração a sussurrar, encontras o sentido dos teus dias.

Santos, SP.

22/09/06

:: Postado por Sandra Bernardelli às 17h45
::
:: Enviar esta mensagem

SENTIMENTOS E EMOÇÕES

SENTIMENTOS E EMOÇÕES

“Não te deixes vencer pelo mal, mas vence o mal com o bem”.– Paulo (Romanos, 12:2.).

 

Educa filho meu, os teus sentimentos e as tuas emoções, para que consigas agir na vida de modo mais brando, sem te entregares a atitudes desvairadas que, de alguma forma, possam demonstrar desequilíbrio interior. Canaliza os teus sentimentos pela fonte do amor, a fim de que, em sintonia com os bons pensamentos, eles possam levar-te a realizar algo de concreto em favor do bem do próximo. Sentimentos de tristeza geram atitudes negativas de egoísmo ou de insulamento. Sentimentos de alegria tornam a vida mais amena, levando-te a agir com bondade perante aqueles que te cercam. Controlando as tuas emoções, não te entregarás a atitudes perigosas e extremistas e que te levem a agir sem pensar. Controlar, porém, não significa reprimir e sim, educar, para não retribuíres o mal com o mal, com manifestações de ódio ou desejos de vingança. É natural que todos nós externemos as nossas emoções diante das situações inusitadas da vida. Porém, se soubermos educá-las, jamais permitiremos que as nossas emoções nos levem a praticar atos inconseqüentes e dos quais possa gerar algum remorso. Emoções negativas e desequilibradas revelam embrutecimento da alma. Contudo, emocionar-se perante acontecimentos dolorosos na vida de outros irmãos ou diante de pequeninos gestos de amor que nos sensibilizem o coração, demonstra crescimento interior. Unindo os bons pensamentos às emoções construtivas, muito poderemos realizar no campo do bem, permitindo-nos levar alegria, paz e esperança aos corações aflitos e desiludidos. E, relembrando o Apóstolo Paulo, “Não te deixes vencer pelo mal, mas vence o mal com o bem”, faze com que os teus sentimentos e emoções se transformem em realizações belas e nobres e que te engrandeçam aos olhos do Mestre Jesus.

Irmã Maria do Rosário – Médium: Lucia Cominatto

 

:: Postado por Sandra Bernardelli às 17h42
::
:: Enviar esta mensagem

Preciso de teu coração

Preciso de teu coração

José Eduardo C, Trefiglio.

No silêncio angustiante desta noite sem fim vejo a escuridão como um manto negro Dominicano  imensidão lá de fora. No meu peito, uma tristeza enorme me invade me domina. Dá-me uma vontade imensa de chorar. Sinto-me agoniado. É saudade de você. Porque você não veio. Preparei com todo carinho uma noite de carinhos e amor. Sinto também uma vontade louca de gritar de gritar teu nome gritar tão alto que o mundo inteiro escute. Sinto vontade de ouvir a tua voz suave balbuciando o meu nome bem perto de meu ouvido falando coisas lascivas e deliciosas. Sinto falta de tua presença ao meu lado, o toque de tuas mãos em meus cabelos, o afago no meu rosto, o beijo longo e ardente em meu lado. E  a tua pressa em me despir para explorar meu corpo com teus lábios. Sinto necessidade de apertar teu corpo ao meu de trazer teu corpo ao encontro do meu e entrar nesse como e fosse meu abrigo. Fico triste sem perceber porque a saudade não passa. É tão bom!... Chega a ser divino... Mas dói muito! Sem perceber, nem nada ouvir olho para trás, já quase desistindo e vejo aquela moldura viva se aproximando não acredito, mas é você chegando pronta para me amar, a completar com felicidade o que me resta desta noite com nossos corações pulsando na mesma melodia.

:: Postado por Sandra Bernardelli às 17h37
::
:: Enviar esta mensagem

NÓS

NÓS

Silvane Saboia

 

Pergunto-me se ao teu lado sou feliz?
Todos os dias pairam sobre mim se este amor é puro...
Assisto aos nossos dias... As nossas alegrias...
E tristezas... E penso como seria o amanhecer sem ti...

Teu lugar vazio ao lado da cama a busca do meu olhar pelo teu...
Como seria?
As minhas mãos soltas pelas ruas... Tocaria o ar gélido do nada... Como seria?

Que dor imensa em imaginar... Sem você...
Morte...Agonia... Seria dor como nunca se viu...!

Que a morte me leve junto a ti.
Nossos olhos fixos no horizonte...
Encontrando nas estrelas neste instante o esplendor do que nos uniu!

:: Postado por Sandra Bernardelli às 17h24
::
:: Enviar esta mensagem

DOCE MUNDO DA INTERNET

DOCE MUNDO DA INTERNET

Silsaboia

 

Existe uma fatia mínima, mas grandiosa na internet, a fatia dos que jorram alma em letras, uma fatia dos que choram entre letras, abraçam o monitor, pedem ajuda...Sorriem! Aplaudem aos gestos de doçura, amizade e conseguem continuar...Acreditam, não importa rima ou métrica, eles são emoção, ás vezes lenço, poesia lenitivo, ou poesia que impulsiona, que levanta e faz nos sentir menos sozinhos em alguns momentos. Uma pequena fatia, luminosa, mergulhada na imensidão da internet! Com pessoas de todos os tipos, fortes, calmas, febris, doces, sofredores, atores por trás das letras que num ritual divino nos ilumina e nos afaga, escondendo a própria dor. Fatia despojada de artifícios, egoísmos, crueldade, competição. Esta fatia existe, acreditem! São dedos teclando, magia acontecendo, derrubando a tristeza, enganando a solidão. E essa fatia se despedaça, se ata, se encontra, se esparrama no nosso monitor. E nós a sentimos, a reconhecemos. Não importa se são poetas, parnasianos, ou façam sonetos, prosas ou sorrisos! O que importa é que estão aqui para troca, amizade, aprender que não se está sozinho, que as dores se parecem, se acariciam e se misturam num novelo de companheirismo. Está fatia maravilhosa existe! Homens, mulheres, adultos e crianças, sensíveis e puras. E eles, acreditem amigos, são puros de verdade, se entregam, contam dores, amores, e jorram lágrimas que descem e nublam o olhar, mas não perdem o prumo do monitor, porque lá estamos nós, dedos ouvintes. O que é a poesia? Para mim poesia é a ejaculação da alma, é o grito do ser humano, um grito melodioso como se dissesse: Eu sinto isto, o que vc acha?O que eu sinto dói, e eu estou aqui usando a alma para dizer que sou igual em essência a todos vocês! Se vejam em minhas letras, beijem a minha dor!Leiam meu coração! Para mim isto é poesia. AMOR é poesia! Se, expor bravamente é fazer poesia, pois poesia é ser, e entregar a alma aberta numa bandeja de sonhos. Continuem sonhando amigos! Com essa fatia! Nada mais importa! É com ela e por ela que eu estarei sempre aqui!

:: Postado por Sandra Bernardelli às 17h09
::
:: Enviar esta mensagem

Meu Perfil




BRASIL , Sudeste , CARAGUATATUBA , CENTRO , Mulher , de 46 a 55 anos , Portuguese , Arte e cultura , Livros , animais/cinema ,teatro
MSN -

Meu Humor

Oceâno

Links

:: Potara Mensagens
:: IN MY LIFE
:: D@nizinha
:: target=_blank
::
:: Eu escrivinhando
:: Magia das palavras
:: Penelope Charmosa
:: Arcor de Angela poesia
:: Lara em palavras
:: Confissões no travesseiro
::
:: Eliane Potiguara
:: Letras de Músicas - O seu portal Musical
::

Votação

Dê uma nota para meu blog

..:: INDIQUE ESSE BLOG ::..

12/08/2007 a 18/08/2007

05/08/2007 a 11/08/2007

29/07/2007 a 04/08/2007

22/07/2007 a 28/07/2007

01/07/2007 a 07/07/2007

17/06/2007 a 23/06/2007

03/06/2007 a 09/06/2007

27/05/2007 a 02/06/2007

13/05/2007 a 19/05/2007

29/04/2007 a 05/05/2007

22/04/2007 a 28/04/2007

08/04/2007 a 14/04/2007

11/03/2007 a 17/03/2007

04/03/2007 a 10/03/2007

18/02/2007 a 24/02/2007

28/01/2007 a 03/02/2007

31/12/2006 a 06/01/2007

24/12/2006 a 30/12/2006

10/12/2006 a 16/12/2006

26/11/2006 a 02/12/2006

24/09/2006 a 30/09/2006

17/09/2006 a 23/09/2006

03/09/2006 a 09/09/2006

27/08/2006 a 02/09/2006

13/08/2006 a 19/08/2006

30/07/2006 a 05/08/2006

09/07/2006 a 15/07/2006

02/07/2006 a 08/07/2006

25/06/2006 a 01/07/2006

11/06/2006 a 17/06/2006

28/05/2006 a 03/06/2006

21/05/2006 a 27/05/2006

14/05/2006 a 20/05/2006

07/05/2006 a 13/05/2006

16/04/2006 a 22/04/2006

09/04/2006 a 15/04/2006

02/04/2006 a 08/04/2006

26/03/2006 a 01/04/2006

19/03/2006 a 25/03/2006

12/03/2006 a 18/03/2006

05/03/2006 a 11/03/2006

19/02/2006 a 25/02/2006

29/01/2006 a 04/02/2006

22/01/2006 a 28/01/2006

08/01/2006 a 14/01/2006

25/12/2005 a 31/12/2005

11/12/2005 a 17/12/2005

04/12/2005 a 10/12/2005

27/11/2005 a 03/12/2005

20/11/2005 a 26/11/2005

13/11/2005 a 19/11/2005

06/11/2005 a 12/11/2005

30/10/2005 a 05/11/2005

23/10/2005 a 29/10/2005

16/10/2005 a 22/10/2005

Visitas

Créditos

Layout por

..:: Carmem Design ::..
Todos os direitos reservados ©

..::     Carmem Design  ::..