DUETO -Navegue

:: Postado por Sandra Bernardelli às 00h09
::
:: Enviar esta mensagem

Desabafo

:: Postado por Sandra Bernardelli às 00h04
::
:: Enviar esta mensagem

Desabafo

Lea Rodriguez

 

Desabafo

Lea Rodriguez

 

Ninguém esta livre de uma decepção quando se trata de relacionamentos. São tantas horas em que passamos juntos...São tantos carinhos trocados... Tantos planos... E de repente percebemos que tudo aquilo que nos era tão especial... Já não tem a mínima importância. Sentimentos que vem e que se vão... Afetos...Projetos... Parecem desaparecer como se fossem umas nuvens passageiras.E eu me pergunto por que? Por que tem que ser assim? Por que sempre alguém tem que sair machucado de uma relação? O coração nos prega certas peças que não conseguimos entender... Fatos...Situações que nos magoam mas...Que não conseguimos evitar... Estou triste... Idealizei varias coisas boas pensando em nós dois projetei muita coisa pensando em você ao meu lado.Mas meu coração sem que eu premeditasse resolveu seguir outros ventos... Outros rumos... Não foi intencional... Mas sentimentos sempre falam mais alto do que a razão...E o meu coração... Já não mais bate forte por você. Seja feliz.

  

:: Postado por Sandra Bernardelli às 00h03
::
:: Enviar esta mensagem

Flor de Maracujá

:: Postado por Sandra Bernardelli às 23h21
::
:: Enviar esta mensagem

Flor de Maracujá

Antonio Manoel Abreu Sardenberg

 

 

A chuva que cai agora
não é chuva lá do céu,
são gotas do meu olhar...
que de tanto te querer,
que de tanto te amar,
caem como cai o orvalho,
escorrendo pelo galho
da flor do maracujá!

 

 

:: Postado por Sandra Bernardelli às 23h19
::
:: Enviar esta mensagem

Como Lua,Percebi Que Estou Só...

:: Postado por Sandra Bernardelli às 23h15
::
:: Enviar esta mensagem

 

Como  Lua,Percebi Que Estou Só...

Carmen Ortiz Cristal

 

Hoje aprendi que aLua existe por teimosia que mesmo a receber o brilho do sol,

estar rodeada de estrelas, ser parte de um universo espetacular, está só!...

Por mais amada, admirada que seja,vai por si, trilhando um caminho sem ninguém...

De seu apenas a triste razão que a condena,as lutas diárias por  sobreviver o estender

de mãos e encontrar o vazio.

Saber sem condenar que este é sua única trilha...

Oferecer de si tudo que tem dar-se em doce encanto belos sorrisos, para o nada ter,

e ainda assim dizer-se feliz...

Hoje com a Lua aprendi que a vida apesar de dolorida, solitária, muitas vezes ingrata...

Ainda assim é apaixonante desde que não a tornemos vazia...

Como a Lua percebi, que trilho um caminho solitário, mesmo assim luto como uma fera para

nesta "selva de pedras" sobreviver...

Santo André

SP-BR

:: Postado por Sandra Bernardelli às 23h14
::
:: Enviar esta mensagem

Imaginar

:: Postado por Sandra Bernardelli às 23h57
::
:: Enviar esta mensagem

Imaginar
Iza Mota

Só me resta imaginar...
Apenas imagina nesta noite,em seus braços estar
entre as estrelas e o mar podermos nos amar.

Só me resta olhar para o céu e imaginar entre estrelas bailar.

Sentir o frescor do vento suavemente nos embalar
e a magia do luar, sorrindo, nos abençoar.
Só me resta imaginar ouvir assim bem juntinho você dizer me amar.
Que sou tua candura,  tua doce ternura,que te faço viajar
entre nuvens sonhar.
Só me resta imaginar teus lábios suavemente beijar.
Transmutar e ao seu lado estar.

Fantasiar nas arvores um coração desenhar e
nele nosso amor eternizar.

  Recife - PE

:: Postado por Sandra Bernardelli às 23h54
::
:: Enviar esta mensagem

Cabala

:: Postado por Sandra Bernardelli às 23h41
::
:: Enviar esta mensagem

Cabala

Alberto Cohen

Vem dançar comigo sob a luz do luar.

Só nós dois, como bruxos em ritual,

invocando canções ainda não compostas,

esvoaçando, em nossas vestes

de gaze, na música do silêncio, no

ritmo das sombras, sem pudores ou roupas íntimas.

Antes que acorde o sol, terá chegado à hora

das oferendas ao nosso amor nascente

e te abrirás inteira, como uma flor

que regarei transformado em orvalho,

 druidas de um culto sobrevivente

em que a paixão é sangue,

o desejo é faca,o amor é

 promessa de colheitas.

 

:: Postado por Sandra Bernardelli às 23h33
::
:: Enviar esta mensagem

REFLEXÕES DO ANJO LOYRO

:: Postado por Sandra Bernardelli às 23h31
::
:: Enviar esta mensagem

REFLEXÕES DO ANJO LOYRO

Jorge Linhaça


Muitas vezes despertamos tão atarantados que nos esquecemos de ver o nascer do sol.

Passamos pelos pássaros chilreando sem nos darmos conta  de seu bom dia.

Ignoramos as flores que ladeiam os nossos caminho.

Não vemos o sorriso das crianças na porta da escola.

Não vemos as gotas de orvalho que ainda estão impregnadas nas plantas.

Passamos pela vida sem sentir, sem ver, sem ouvir.

Ignoramos a suavidade da brisa fresca da manhã.

Não percebemos o calor do sol.

Não despendemos tempo para contemplar as estrelas...

Façamos hoje diferentes!

Olhe pela janela do escritório por alguns instantes...

vá sentar no banco da praça na hora do almoço.

Se você está em casa, vá ver a vida no teu quintal.

Ouça os pássaros, veja as flores, respire o ar...

Reserve cinco minutos deste dia para ser feliz...

com meu  carinho para todos vocês.

 

:: Postado por Sandra Bernardelli às 23h27
::
:: Enviar esta mensagem

Pedaços de mim

:: Postado por Sandra Bernardelli às 23h24
::
:: Enviar esta mensagem

Pedaços de mim

Teca Miranda

 

A taça onde bebi o líquido que embriagou,descansa em cacos sobre as teclas

do piano, ainda vibrando as notas da música que um dia nos embalou.

O vinho tinto que mancha o branco,retrata o sangue da minha alma.

 

Seu nome chamo aos solavancos com esperança que me traga calma.

O silêncio grita a resposta em meus ouvidos,um pesado desânimo

toma conta de meu ser.

 

Do choro convulsivo restaram gemidos e antes que

a noite venha me adormecer,sento ao piano, entre pedaços de mim,

dedilhando em cores rubras o som do fim.

 

 

 

:: Postado por Sandra Bernardelli às 23h19
::
:: Enviar esta mensagem

Luz

:: Postado por Sandra Bernardelli às 23h17
::
:: Enviar esta mensagem

Luz

S.Bernardelli

Eu estou regressando para vida...
Tenho que viajar para meu interior. 
 Procurar as luzes ,que eu apaguei,no dia em que eu esqueci de  mim mesma. 
Pego uma carona na estrela  mais próxima e que essa me leve mais próximo do é que divino. 
 Quero voltar  fazer as coisas  que eu gostava  fazer. 
E  quando todas as luzes novamente entrarem em meu ser retornarei o meu real  modo de me ser... 
 Falarei  sobre a luz, sobre que eu vi e  vivi .

 Então me lembrarei sem sofrer dos meus dias amargos e desafortunados . 
Sem lágrimas,sem sofrer,pois a luz estará lá...

Iluminando minha vida,o meu caminho e o meu viver...
criação 24/03/2006

 

 

:: Postado por Sandra Bernardelli às 23h05
::
:: Enviar esta mensagem

O Tempo e o Vento

:: Postado por Sandra Bernardelli às 23h03
::
:: Enviar esta mensagem

O Tempo e o Vento

Caio Amaral

 

O vento sopra com brisas suaves.

O tempo passa e marca lembranças.O vento...

Recebe mensagens da vida e seus amores com ele vem o cheiro da terra,

o perfume das plantas, das flores,e todas as mensagens da mãe natureza.

Sentir o aroma de amor deste lindo planeta,que mostra com vigor a vida e toda a sua beleza. O tempo...

Da tristeza do mundo, ao homem que é triste,da alegria da vida,ao homem que é feliz.

Ao triste consola-se a mágoa, que ele assiste,ao alegre, o desenho do belo,feito até com um giz.

Tempo que passa na fidelidade do relógio...Tudo enfim, a mesma órbita percorre;

segue Ele, fiel escudeiro da sabedoria.

Ciclo da vida, extraordinário processo que nunca morre.

Obra da Criação Divina...Tudo é uma linda magia.

Nasce a criança, cresce o jovem e torna-se adulto transcreve seu legado com registro

na história,algo que o tempo e o  ventos nunca levam:

lembranças e tudo aquilo que fica na memória.

 

 

 

:: Postado por Sandra Bernardelli às 23h01
::
:: Enviar esta mensagem

Fragrância

:: Postado por Sandra Bernardelli às 22h42
::
:: Enviar esta mensagem

O Tempo e o Vento

:: Postado por Sandra Bernardelli às 22h32
::
:: Enviar esta mensagem

O Tempo e o Vento

Caio Amaral

 

O vento sopra com brisas suaves.

O tempo passa e marca lembranças.

 O vento...

Recebe mensagens da vida e seus amores.

Com ele vem o cheiro da terra, o perfume das plantas, das flores,e todas as

mensagens da mãe natureza.

Sentir o aroma de amor deste lindo planeta, que mostra com vigor a vida e

toda a sua beleza.

 O tempo...

Da tristeza do mundo, ao homem que é triste,da alegria da vida,

ao homem que é feliz.

Ao triste consola-se a mágoa, que ele assiste.

Ao alegre, o desenho do belo, feito até com um giz.

 Tempo que passa na fidelidade do relógio...

Tudo enfim, a mesma órbita percorre;segue Ele, fiel escudeiro da sabedoria.

Ciclo da vida, extraordinário processo que nunca morre.

 Obra da Criação Divina...Tudo é uma linda magia.

Nasce a criança, cresce o jovem e torna-se adulto transcreve seu legado

com registro na história,algo que o tempo e o  ventos nunca levam:

lembranças e tudo aquilo que fica na memória.

 

:: Postado por Sandra Bernardelli às 22h28
::
:: Enviar esta mensagem

Mulher...

:: Postado por Sandra Bernardelli às 22h20
::
:: Enviar esta mensagem

Mulher...

S.Bernardelli

 

Mulher...

 Você é o expressar da alma. Suas emoções confundem .
Serão eternamente Deusas, musas da poesia e da canção.

Mulher...

Você é o expressar da alma.  Seus sentimentos interiores há gratidão,e muita

compreensão.Sabe mostrar,construir o caminho do sucesso, sabe como brilhar apagar 

brilhos e acendê-lo no novamente.

Mulher...
É única, é mãe e mesmo não sendo compreende as crianças, e a criança que o homem

 dentro de si carrega.

Mulher...

Que vós homens  lembrem de nós que nossas mãos não se afastem das suas
Mulher ...

Que  o coração quando estão cheios de dor e emoção estando longe ou não  sua presença 

é como a  lua, a chuva,o sol e  as estrelas...
 Mulher...

Aonde guarda tua dor e lágrimas de aflição?

Aonde guarda tua força,que horas age com frieza, outras horas com o coração .

Que por vezes causa tristeza e dor, mas  que também sabe como ninguém

dar prazer e amor.
criação 24/03/2006

:: Postado por Sandra Bernardelli às 22h19
::
:: Enviar esta mensagem

Ecos

:: Postado por Sandra Bernardelli às 21h56
::
:: Enviar esta mensagem

Ecos

Sandra Ravanini

Antônio Castel-Branco

 

Do azul  ecoaram louvores em palavras cantadas,flutua o brilho do renascer descendo em chuva anil,

escoa da montanha a vida desviada em água-furtada,e o continuo esperar renovado em silêncio sutil.

Às vezes interrompido por sussurros orvalhados,gotas de uma vida que teima em não se deixar vencer pelos vendavais qu' insistem em tentar nos deixar quebrados,em luta constante denunciadora do meu querer.

Ecos da vida que briga e não se deixa levar,sorrisos que chegam desfilando acordes de criança,mais o toque Divino no brilho do teu olhar,e a boca destilando  o alimento  em gotas de esperança.

Fé renovada por esta melodia inacabada,alimentada de amor, servida em pratos de bonança,a borrasca vencida, a tempestade já acalmada,notas suaves bailando numa clave de esperança.

Cuida de mim como quem alimenta a sagrada chama, se eu cair segura minha mão e me ensina a recomeçar, se eu chorar trata a minha chaga com esse amor que derrama,fortalecendo o corpo  que outrora lhe ensinou a caminhar.

Caminhos da vida calcorreados e percorridos em procura constante de amparo, carinho e paixão,não te negam seu conforto para teus membros doridos,nem eu te nego o aconchego e o amor do meu coração.

Formatado por

Adilia

2006

:: Postado por Sandra Bernardelli às 21h53
::
:: Enviar esta mensagem

Ondas

:: Postado por Sandra Bernardelli às 21h51
::
:: Enviar esta mensagem

Ondas

Glácia Daibert

Um momento você tem falta. No momento seguinte você tem excesso. Um dia você não tem nada para fazer. No dia seguinte você nem tem tempo para fazer tudo. Um dia a geladeira está vazia e você está com fome. No dia seguinte você ainda tem metade da refeição à sua frente e você já está satisfeito. Um mês você tem dinheiro de sobra  e nem sabe o que comprar. No mês seguinte você tem déficit na conta bancária e um cheque sem fundos. Um momento você está cheio de energia  e não consegue dormir. No momento seguinte você está cansado  e não consegue levantar. Um dia você é o centro das atenções. No dia seguinte ninguém quer saber se você está vivo. São as ondas da vida.Carregam-nos para cima e para baixo. Dinheiro, amigos, seu corpo, seus relacionamentos,  seu trabalho, e todo o resto da lista, tudo varia. Tudo vai com as ondas. Os comerciais fazem você acreditar que  tem que ter o carro novo ou a tevê de tela grande. Sim, estas coisas podem excitá-lo por um momento, mas é somente uma onda. Quando menos esperar, a emoção se foi. Eu sempre achei que o dinheiro e as coisas que ele compra trouxessem a felicidade,  e então todas as pessoas ricas seriam felizes. Mas não é assim. Nós vemos como a pobreza pode  facilmente causar a infelicidade, mas nos enganamos ao acreditar que  o dinheiro resolve todas as coisas. A vida está cheia de coisas e eu não negociaria minha vida com ninguém, nem mesmo o mais abençoado que eu conheça, aquele mais rico. É uma coisa após outra, um desafio após outro, uma situação após outra, dia após dia, sem fim... São ondas... Muitos são lançados às pedras pelas ondas. Alguns, como submarino, mergulham fundos,  por baixo das tempestades, em busca da paz. Alguns simplesmente surfam as ondas e têm muito divertimento. Alguns afogam-se. Você não pode parar as ondas;  é a natureza do oceano da vida. Você pode apenas escolher  o método que usará para enfrentar. Você pode ser lançado, como a maioria.  Você pode se afogar, como muitos. Você pode surfar e ter todo o divertimento que puder, mas mesmo um surfista se cansa e não tem como dormir sobre uma prancha. Atravessar estas ondas, de maneira segura e confortável, requer um navio. E esse navio, você não pode tripular sozinho. Você terá que ter parceiros, verdadeiros companheiros,  que possam dividir o trabalho e  compartilhar os triunfos. Então, convoque sua tripulação... E boa viagem!  

Out.-2002

 http://www.cantinhojulia.com/glacia

:: Postado por Sandra Bernardelli às 21h50
::
:: Enviar esta mensagem

Meu Perfil




BRASIL , Sudeste , CARAGUATATUBA , CENTRO , Mulher , de 46 a 55 anos , Portuguese , Arte e cultura , Livros , animais/cinema ,teatro
MSN -

Meu Humor

Oceâno

Links

:: Potara Mensagens
:: IN MY LIFE
:: D@nizinha
:: target=_blank
::
:: Eu escrivinhando
:: Magia das palavras
:: Penelope Charmosa
:: Arcor de Angela poesia
:: Lara em palavras
:: Confissões no travesseiro
::
:: Eliane Potiguara
:: Letras de Músicas - O seu portal Musical
::

Votação

Dê uma nota para meu blog

..:: INDIQUE ESSE BLOG ::..

12/08/2007 a 18/08/2007

05/08/2007 a 11/08/2007

29/07/2007 a 04/08/2007

22/07/2007 a 28/07/2007

01/07/2007 a 07/07/2007

17/06/2007 a 23/06/2007

03/06/2007 a 09/06/2007

27/05/2007 a 02/06/2007

13/05/2007 a 19/05/2007

29/04/2007 a 05/05/2007

22/04/2007 a 28/04/2007

08/04/2007 a 14/04/2007

11/03/2007 a 17/03/2007

04/03/2007 a 10/03/2007

18/02/2007 a 24/02/2007

28/01/2007 a 03/02/2007

31/12/2006 a 06/01/2007

24/12/2006 a 30/12/2006

10/12/2006 a 16/12/2006

26/11/2006 a 02/12/2006

24/09/2006 a 30/09/2006

17/09/2006 a 23/09/2006

03/09/2006 a 09/09/2006

27/08/2006 a 02/09/2006

13/08/2006 a 19/08/2006

30/07/2006 a 05/08/2006

09/07/2006 a 15/07/2006

02/07/2006 a 08/07/2006

25/06/2006 a 01/07/2006

11/06/2006 a 17/06/2006

28/05/2006 a 03/06/2006

21/05/2006 a 27/05/2006

14/05/2006 a 20/05/2006

07/05/2006 a 13/05/2006

16/04/2006 a 22/04/2006

09/04/2006 a 15/04/2006

02/04/2006 a 08/04/2006

26/03/2006 a 01/04/2006

19/03/2006 a 25/03/2006

12/03/2006 a 18/03/2006

05/03/2006 a 11/03/2006

19/02/2006 a 25/02/2006

29/01/2006 a 04/02/2006

22/01/2006 a 28/01/2006

08/01/2006 a 14/01/2006

25/12/2005 a 31/12/2005

11/12/2005 a 17/12/2005

04/12/2005 a 10/12/2005

27/11/2005 a 03/12/2005

20/11/2005 a 26/11/2005

13/11/2005 a 19/11/2005

06/11/2005 a 12/11/2005

30/10/2005 a 05/11/2005

23/10/2005 a 29/10/2005

16/10/2005 a 22/10/2005

Visitas

Créditos

Layout por

..:: Carmem Design ::..
Todos os direitos reservados ©

..::     Carmem Design  ::..